quarta-feira, 29 de abril de 2015

Destrua este Diário - em andamento #3

Olá tudo bem com vocês??? No post de hoje irei mostrar um pouco das minhas destruições.













Espero que vocês tenham gostado. Beijos e até a próxima.

segunda-feira, 27 de abril de 2015

Viajei com: A Senhora da Magia - Marion Zimmer Bradley

Olá... Essa semana eu resolvi começar uma série de post sobre uma série muito boa que li por indicação da Tatiana Feltrin, As Brumas de Avalon – Marion Zimmer Bradley.



A série conta a lenda do rei Artur através das vidas, das visões e da percepção das mulheres, das heroínas que dela participaram: a rainha Guinevere, mulher de Artur; Igraine, mãe de Artur; Viviane, Senhora do Lago, Grande Sacerdotisa de Avalon e tia de Artur; e Morgana, irmã de Artur, e que teve papel crucial, tanto na coroação como na destruição de Artur...
A série é composta por 4 livros: A Senhora da Magia, A Grande Rainha, O Gamo Rei, O Prisioneiro da Árvore. E no post de hoje falarei sobre o primeiro livro da série. Um dos grandes focos da série de uma forma geral é o profundo conflito entre o cristianismo e a velha religião de Avalon.
Na primeira parte desse volume, Igraine é a personagem principal, casada contra a vontade com o Duque Gorlois da Cornualha, passa por momentos conflituosos com o marido, alguns poucos momentos felizes ao lado dele e de sua filha Morgana.
Mas isso não duraria muito, pois Viviane, sua irmã quer casa-la com Uther Pendragon, que se tornaria o Rei da Bretanha, para que dela nasça o futuro Rei Arthur, que uniria a Bretanha com Avalon.
A segunda parte nos conta a história de Morgana, agora adolescente e sendo criada em Avalon, dentro da antiga religião, para ser tornar a Grande Sacerdotisa, mas muitas coisas acontecem... muitas... e nem todos os planos de Viviane saem como o planejado.
Através da história de Artur desde seu nascimento até sua coroação podemos destacar alguns temas que foram abordados e que são o grande diferencial desta série em relação a outras que contam a lenda de Artur. São eles:

* o papel da mulher, sua submissão (ou não), os casamentos arranjados.

* o choque de culturas.


Espero que tenham gostado.
Caso queira comprar os livros, é só clicar no LINK, e se você comprar QUALQUER livro por esse link você ajuda o blog sem nenhum custo adicional. Beijos e até a próxima.

sexta-feira, 24 de abril de 2015

Projeto 52 x 5 #17 - Personagens cuja vida eu gostaria de viver por um dia: (filmes, livros, seriados, etc.)

Como vocês estão??? Fora a correria tudo bem. Hoje teremos o post referente a 17º semana do Projeto 52 x 5. E a categoria da semana é:


 Garfield: sim, que coisa maravilhosa – dormir e comer lasanha.



Lucia Pevensie: ir para Nárnia, sem comentários.



Hermione Granger: ela é inteligente, poderosa, e foi para Hogwarts.



Bela: calma, a Bela de A Bela e a Fera, e visitar aquela biblioteca M-A-G-N-I-F-I-C-A da Fera.



Robert Langdon: mais especificamente as aventuras e a inteligência dele... Além é claro de ter estilo.


Espero que tenham gostado. Beijos e até mais.

quarta-feira, 22 de abril de 2015

Destrua este Diário - em andamento #2

Olá tudo bem com vocês??? No post de hoje irei mostrar um pouco das minhas destruições.













Espero que vocês tenham gostado. Beijos e até a próxima.

segunda-feira, 20 de abril de 2015

Viajei com: O Chamado do Cuco - Robert Galbraith (J. K. Rowling)

Olá, o post de hoje será para falar sobre o livro O Chamado do Cuco – Robert Galbraith (pseudônimo de J. K. Rowling). Publicado em 2013, com o título The Cuckoo’s Calling, esse é o livro de estreia de J. K. no gênero policial.
Rowling utilizou o pseudônimo para obter um retorno verdadeiro de seu trabalho, e não ser julgada como a autora de Harry Potter, pois este não é apenas um livro de gênero diferente, mas que apresenta também uma abordagem diferente.
Cormoran Strike, veterano do Afeganistão, filho de um Rock star famoso, atua como detetive particular, mas sua vida financeira está em estado caótico, não que sua vida esteja melhor em outros aspectos... Agência tem raros clientes e suas dívidas só aumentam.
Para sua surpresa, John Bristow, irmão da famosa modelo Lula Landry, que há três meses teria pulado da sacada do apartamento onde morava, o contrata para investigar a morte da irmã, que todos consideram como suicídio, embora John não acredite no suicídio da irmã, estando convencido que ela foi assassinada.
Lula, garota negra que foi adotada, assim como John, por uma família rica, mas um tanto problemática. Embora rica, famosa e incrivelmente bonita, Lula não é completamente feliz, ela sofre preconceito devido sua cor e suas origens.
Devido a sua situação financeira instável e crítica de Cormoran, ele aceita o caso. Para auxiliá-lo no escritório ele contrata secretárias temporárias (o que reduz os custos). É assim que ele conhece Robin Ellacott, uma garota extremamente competente, que o ajuda muito durante a investigação.
O tema mais recorrente na obra é a fama e a ilusão que ela provoca, e como essa fama, talvez até precoce e inesperada, transforma a vida dessa pessoa, os relacionamentos, as vezes de forma negativa.
O final foi satisfatório, tendo um encaixe de todas as peças (algo que J. K. faz muito bem), e nenhuma pista aparece do nada, sem o conhecimento de alguma forma por parte do leitor. A única ressalva que faço é que a vida pessoal de Cormoran aparece muito mais do que o mistério em si, tenho o segundo livro (O Bicho-da-Seda), mas ainda não li, e creio que nele isso não ocorra com tanta frequência.

Espero que tenham gostado.
Caso queira comprar o livro, é só clicar no LINK, e se você comprar QUALQUER livro por esse link você ajuda o blog sem nenhum custo adicional. Beijos e até a próxima.

sexta-feira, 17 de abril de 2015

Projeto 52 x 5 #16 - Isso, pra mim, não é diversão:

Olá, conforme o prometido farei o TOP 5 da 16º semana do Desafio 52 x 5, e a categoria dessa semana é:


Antes de começar quero lembrar o que mencionei no post anterior: o fato de ter uma opinião diferente da sua, não quer disser que te desprezo e esteja te ofendendo, que disser apenas que tenho uma opinião diferente da sua; como dizia Clarice:


 1. Festas: sou caseira ao extremo, perder sono nem em sonho, trocadilhos a parte, nem na Virada de Ano gosto de passar acordada...

 2. Som alto: outro motivo para não gostar de festas, e infelizmente meus vizinhos não partilham da mesma opinião...
  
3. Beber: sim, não bebo, nunca bebi... Qual a graça de consumi algo que irá detonar meu organismo???

 4. UFC: no comments...

 5. Fumar: mesmo caso da bebida... nada a acrescentar.


Espero que tenham gostado. Beijos e até a próxima.

quarta-feira, 15 de abril de 2015

Destrua este diário - em andamento #1

Olá tudo bem com vocês??? No post de hoje irei mostrar um pouco das minhas destruições.













Espero que vocês tenham gostado. Beijos e até a próxima.

segunda-feira, 13 de abril de 2015

Viajei com: Assassinato na Casa do Pastor - Agatha Christie - PAC #2

Olá... Na sexta-feira passada publiquei um post sobre o PAC, que não é o Programa a Aceleração do Crescimento, e sim o Projeto Agatha Christie... E hoje teremos a primeira resenha do projeto.
Como já havia explicado, resolvi começar o projeto pelos livros com a Miss Marple e o primeiro livro publicado tendo ela como detetive é o Assassinato na Casa do Pastor. A edição que tenho é da Altaya/Record, e contêm 240 páginas.


O livro é narrado por Leonard Clement, pastor de uma congregação em St. Mary Mead, uma aldeia no interior do condado Downshire (ambos fictícios). Durante o jantar em sua casa, Clement, comenta que quem matasse o coronel Protheroe faria um bem para humanidade. E é exatamente isso que acontece, o coronel, um homem nada popular, é assassinado no escritório da casa do pastor.
O assassino seguiria ileso se uma das vizinhas do pastor não fosse a Miss Marple, uma senhora muito perspicaz, observadora, com uma mente vívida e afiada, que “ajudará” a polícia local a desvendar o crime.
Uma frase de Miss Marple resume de forma simples e básica a personalidade da personagem e o desenrolar das narrativas dos livros onde ela aparece: “Sendo a natureza humana o que é, nunca se sabe”, pois ela é descrita como uma grande conhecedora na natureza humana, sua falhas e fraquezas, se utilizando desse conhecimento para desvendar os mistérios que lhe são apresentados.
A narrativa conta com um final surpreendente (ou não, caso você seja tão observador como Miss Marple), e algumas reviravoltas, que são características dos romances da autora.
Apesar de toda a trama girar em torno desse assassinato, existem outros mistérios a serem resolvidos no decorrer da história, pois como diz a própria Miss Marple “sendo a natureza humana o que é, nunca se sabe”.
Fica a dica de um romance policial muito bom e intrigante, a próxima resenha do projeto sairá em Janeiro (Segunda-Feira vocês saberão o motivo, aguardem), e será sobre o livro Os Treze Problemas, pois resolvi fazer as resenhas seguindo a ordem de publicações.
Espero que tenham gostado, peço que ajudem a divulgar o blog. Beijos e até a próxima.

PS: devo confessar que tenho dificuldades em lembrar todos os sobrenomes que vão aparecendo durante a narrativa (principalmente por se tratar de sobrenomes em inglês), mas isso dura apenas as primeiras 50 páginas, depois fica mais fácil.

sexta-feira, 10 de abril de 2015

Projeto 52 x 5 #15 - O que há de pior no mundo virtual?

Olá, hoje irei aproveitar o feriado prolongado para colocar o Desafio 52 x 5 em dia, teremos agora o TOP 5 da 15º semana e mais tarde o da 16º semana, e se tudo der certo na sexta teremos o TOP 5 da 17º semana. A categoria da 15º semana é:


1. Haters: que em minha opinião são pessoas que não conseguem se destacar em nada, então para chamar a atenção se utilizam da internet para ofender, humilhar e criticar outras pessoas de forma gratuita e sem nenhum critério, conseguindo com isso apenas que seu semelhante fique mal consigo mesmo, como ele próprio.
  



2. Intolerância: os seres humanos pensam de forma diferente, possuem opiniões diferentes (opiniões essas, que são influenciadas pela nossa criação, experiências, convívio social, etc.) – o que é muito natural. O problema é quando nos esquecemos disso, e esperamos que todos acatem nossa opinião, ou quando encaramos o fato de uma pessoa não concordar conosco como uma ofensa pessoal.

  
3. Sensação de liberdade: Alguns usuários simplesmente pensam que por estarem em um meio virtual há uma libertação do mundo real, e assim a repercussão de seus atos ficarão apenas no meio virtual, o que não corresponde a realidade. E dessa forma se expõem de mais, confiam demais...

  
4. Pornografia: e muitas crianças são expostas a sensualidade e a sexualidade muito cedo, o que atrapalha seu desenvolvimento.

  
5. Infantilidade dos usuários: mas para mim o pior problema (e de certa forma causador de vários outros). Muitos desses jovens não possuem discernimento entre o que é certo e o que é errado, não pensam nas consequências de seus atos (comentários, publicações, entre outros).

Espero que tenham gostado. Beijos e até mais.

quarta-feira, 8 de abril de 2015

Correio Coruja de Março


Hoje teremos o Correio Coruja do Mês de Março. E temos muita coisa legal. Após dois meses sem comprar livros, voltei a aumentar minha coleção aproveitando promoções na Submarino:
  





Bem como o retorno do PAC.
  




Finalmente chegaram meus marcadores com formato de monumentos históricos:



Assim como minha caixa de broches dos símbolos das casas e do brasão de Hogwarts:




Espero que tenham gostado...
Caso queira comprar alguns dos livros, é só clicar no LINK, e se você comprar QUALQUER livro por esse link você ajuda o blog sem nenhum custo adicional. Beijos e até a próxima.